Suspeito de matar Agente da PSP fica em prisão preventiva

Suspeito de matar Agente da PSP fica em prisão preventiva

Está indiciado pelos crimes de homicídio qualificado, violência doméstica e ofensas à integridade física.PSP MORRE ATROPELADO POR GUARDA PRISIONAL QUE AGREDIA MULHER NA RUAVER MAIS

“O meu cliente, que ficou em prisão preventiva, está triste por toda a situação”, afirmou o advogado Pedro Nunes Maduro à Lusa, após ser conhecida, esta noite, a medida de coação aplicada pelo juiz de Instrução Criminal de Évora.

Referindo que o seu constituinte tem “uma condenação anterior por condução em estado de embriaguez” e “mais nenhum antecedente criminal”, o causídico argumentou que o homem vai aguardar “serenamente o desenrolar do processo” judicial em que está agora indiciado.

Na madrugada de domingo, o suspeito foi detido pela GNR de Alcabideche por alegadamente ter atropelado mortalmente um agente da PSP, em Évora, que o tentou impedir de agredir a mulher na via pública. Após o sucedido, José Malengue deixou aquela cidade alentejana, onde estaria a passar um fim de semana com a companheira, rumando a Sintra.

De caminho, apresentou queixa por agressões, como vítima, no posto da GNR de Montemor-o-Novo, numa altura em que as autoridades, e até o próprio, desconheceriam que António Doce tinha morrido em consequência do atropelamento.

Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *